terça-feira, 30 de março de 2010

O ESTADO DA NAÇÃO....



Ontem vi um bocadinho (não o suficiente para opinar), do prós e contras acerca de quem manda na escola. Os alunos querem intervir mais nos programas, os professores não querem (ou alguns não querem).
Fiquei confuso porque ouvi afirmações válidas de ambos os lados. Faz-me sentido que os alunos tenham alguma intervenção, mas também sei que muitas das coisas que aprendemos só sabemos se são uteis depois de as aprendermos, pois até lá são uma incógnita. Hoje em dia arrependo-me de não ter estudado mais (embora ainda o possa fazer), pois há bases que são realmente importantes para nós. Mas também os meus 4 anos de universidade foram os melhores anos de praia e surf que tive, nunca chumbei e aproveitei bem. O facto de não ter aprendido mais não foi só culpa minha, ou desinteresse, foi também culpa de muito professores, que nem deviam ser chamados por esse nome, que além de não terem a minima vocação para ensinar (sim porque ensinar é uma vocação!!), pura e simplesmente não tinham conhecimentos para tal.
Lembro-me que em setembro passado fui ao IADE, com a intenção de tirar um mestrado... saí de lá com vontade de rir e ir dar aulas num mestrado!! Modéstia à parte, trabalho há 11 anos na área, vou à universidade informar-me e nem o nome dos professores e conteúdos das matérias me conseguem dar? depois lá me apercebi que alguns dos professores me tinham dado aulas em 1999, e que desde aí nunca trabalharam fora da universidade... Numa área em constante evolução como o design e a comunicação, faz sentido ter professores num mestrado que nem sequer estejam no mercado de trabalho? a mim não faz...
Tudo isto, desde o ensino à vida profissional se torna uma bola de neve de incompetência. Os professores são incompetentes e não conseguem motivar os alunos, os alunos estão-se a "cagar" e não têm vontade de aprender, mas conseguem acabar um curso (o que acho realmente fantástico), de repente estão no mercado de trabalho com zero de bases no ensino, e são esses mesmos que depois se vão tornar clientes sem formação, e nos fazem a vida negra (a nós designers, fotógrafos, e todos os que dependemos de ok's dados por essas pessoas).
Muitas vezes é desmotivante, e como dizia a minha amiga Madalena, ás vezes até apetece trabalhar numa caixa de supermercado e não pensar no que se faz.
É que no meu caso, quanto mais penso, mais irritado fico, e apenas porque quero fazer melhor do que vejo!! porque sei que é possivel fazer melhor!! e não consigo entender como alguém que pode ter algo bom, se contenta com algo mediocre...
São estas incógnitas que me fazem seguir, cada vez com menos vontade de mudar as coisas dos outros, e cada vez com mais vontade de fazer as minhas coisas!

2 comentários:

CURSO DE FOTOJORNALISMO disse...

Pela foto o estado da Nação está óptimo. O Estado não condiz com a Nação. E o melhor é virtual. Sim temos de começar por olhar para nós.
Bjs

André carvalho disse...

a foto foi roubada do teu blog:P