terça-feira, 14 de agosto de 2012

INSTAGRAM

Há muito que queria fazer um post sobre o Instagram, principalmente pelo ódio que se gerou entre alguns fotógrafos. Acho que há a tendência para confundir o Instagram com um programa de pós-produção de fotografias, e uma plataforma de divulgação de trabalho. Tenho ouvido muitos fotógrafos que simplesmente abominam o Instagram (eu não adoro nem odeio, apenas uso), os seus argumentos é que as pessoas acham que de repente sabem fotografar e dar efeitos nas fotos e com isso ganham imensos likes e shares e sei lá que mais. Bem... ou eu estou muito enganado ou o photoshop e o Lightroom não fazem exactamente isso? e o facebook (mesmo as páginas de autor) não serve exactamente para isso? divulgar o trabalho e angariar likes?? Então será o instagram um mix de facebook e flickr com um lightroom e photoshop? Se o é, porque gera tanta controvérsia? os fotógrafos não têm todos as suas páginas no facebook? não divulgam o seu trabalho lá? não tratam as suas fotos em programas de pós produção? não puxam pelas cores e contrastes? não manipulam as fotos? O Instagram permite que se faça uploads de fotos com o formato original, não obriga ninguém a utilizar filtros, nem tão pouco obriga a likes nem shares. Eu acabo por utilizar o Instagram de forma corriqueira, descomprometida. São fotos do dia a dia, tiradas com iphone. Gosto de seguir fotógrafos de quem admiro o trabalho, espantem-se os mais cépticos mas até alguns fotógrafos da Magnum estão lá. Como aliás praticamente todos os fotógrafos "conhecidos". Excepção feita aos que ainda acham que não fazer parte é um "status". Gosto de seguir os meus amigos, e pessoas que não conheço, mas que de uma maneira ou de outra têm um olhar engraçado ou peculiar sobre o que nos rodeia e acabam por me inspirar. O Instagram não é a invenção do século, mas também não é o bicho mau que muitas vezes retratam. É apenas uma aplicação, que como todas as outras, tem a finalidade que o utilizador lhe quiser dar. Eu não vejo um Instagram a criar fotógrafos, muito sinceramente nem me dá a sensação que os seus utilizadores se achem fotógrafos por o utilizarem, é "mais uma" aplicação como tantas outras. Quanto à qualidade das fotos, essa continua no olhar e não na máquina, e a prova disso é o Iphone, que de certa maneira revolucionou a maneira de fotografar, principalmente em situações mais discretas. E fotografando com o iphone, há melhor maneira de divulgar o trabalho do que via Instagram? Dêm um olhinho neste artigo, vale o que vale, mas é interessante e mostra outra perspectiva do fotógrafo. Aos meus seguidores e aos que eu sigo, até já. Aos que ainda continuam a resisitir e a tentar vender a imagem de "puristas da fotografia", e que entendo que até vos dá uma imagem de "outsiders" um até logo, porque quase que aposto que é uma questão de tempo até vos ver por lá:)))