quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

NAZARÉ... NAZARÉ....


Quem tudo quer tudo perde meus caros... Escrevi aqui há uns tempos acerca da polémica da Nazaré e da mesma agora precisar de pedidos especiais para ser surfada. Pedidos especiais e de avales do Macnamara, que suponho que sejam feitos via email ou fax, lá do Havai ou de outro sitio com calor onde ele deve andar. Ontem ao ler uma entrevista do Eric Rebiere à Surftotal, percebi que muitos big-riders cagaram na Nazaré porque simplesmente não estão para ultrapassar as burocracias que caracterizam este país. Na verdade, nós achamos o quê??? que a Nazaré é a melhor onda do mundo e que todos se vão ajoelhar para cá vir surfar? Pois parece que não. Com a quantidade de boas ondas que há pelo mundo, obviamente que ao ter que enfrentar um batalhão de papeis todos os big wave riders se vão virar para outras paragens. Isso já aconteceu com o Hercules, muitos rumaram a Espanha e França e... pasmem-se, Peniche!!! Ah pois, Peniche que se rege pelas mesmas leis que a Nazaré desbloqueou todas as burocracias, porque provavelmente tem um presidente com visão e que quer o melhor para o seu município. Abram bem a pestana e percebam de uma vez por todas que os surfistas não são palhaços de circo e que a ZON não é a tenda do circo! A vida dá muitas voltas, e ou muito me engano ou a autarquia da Nazaré vai acabar esta história a suplicar para que os surfistas voltem nos dias grandes!!!
Por muita coisa mais que se possa dizer, prefiro acabar este texto com uma transcrição literal de uma entrevista que o Carlos Burle deu à SURFPortugal em conjunto com a Maya Gabeira. Quem quer perceber que perceba, quem não quer... que continue com palas nos olhos.  
A onda de 100 pés é mera ferramenta de marketing ou existe mesmo?
Burle: Eu acho que ela anda aí, mas é um marketing bacana
Maya: é 100.000 doláres, é isso?
Burle: 1 milhão!!

2 comentários:

brek disse...

Mto bem André: "If you see fraud and don't shout fraud, you are a fraud" Nassim Taleb

André carvalho disse...

ahhahahaha ;)