terça-feira, 15 de março de 2011

PROFISSIONAIS RASCAS!


Só quando as pessoas perceberem que oferecer trabalho não é o caminho é que o nosso caminho se pode endireitar.
Na áera do design há sempre uns curiosos a baixarem os preços, mas mesmo assim penso que esses se estampam mais rápidamente. Agora na fotografia, todos os dias vejo a mesma história. Pessoal que sistematicamente fura o sistema e oferece trabalho, tirando assim oportunidades a quem quer trabalhar.
Durante uns meses do ano passado fiz uns slideshows para um certo site, que não vou dizer qual, pagavam-me uma miséria, mas pagavam. Este ano "interromperam" a avença porque não tinham dinheiro. Por mim tanto melhor, pois os meus esforços neste momento estão todos focados noutros projectos. Mas neste momento quando lá vou ao site vejo dezenas de slideshows, com uma qualidade miserável, e muito me engano ou não são pagos!
Eu pergunto, como é que a população não há-de estar à rasca?
Queres trabalhar? sê profissional, e começa por não oferecer trabalho a ninguém!!
Usando as palavras que a minha amiga vanessa usa nesta ilustração... "use your lance, freelancer!!! say no to free work!!"
E mais, o maior erro é pensar que oferecendo trabalho se vai colher os frutos mais tarde, isso não existe!!
Ou se é bom e se cobra justamente, ou se é mau e muda-se de área.
ilustração by Matt Saunders

5 comentários:

brek disse...

"The world is collapsing" Cartier Bresson

Drifting Along disse...

subscrevo

André disse...

Concordo perfeitamente contigo.

Neste momento estou desempregado, porém não tenho intenções de me prostituir para que outros lucrem com isso. Só para te dar um exemplo, esta semana tive uma reunião com o CEO de uma empresa de conteúdos web e publicidade que me oferecia 20€/dia para ser operador de câmara (em serviço de recibos verdes). Como é óbvio recusei imediatamente.

Seja qual for a área, não podemos dar cabo do sistema trabalhando de graça. Se fazes de graça para um, de certeza que vai haver outro a pedir um serviço semelhante também sem pagar. Será que o trabalho alimenta ou paga despesas? Não me parece.

Cumprimentos

André carvalho disse...

Nem mais, o problema deste país é estrutural, pois há muita gente que tem um emprego, e por exemplo filma ou fotografa como hobby (o que é excelente), e vai oferecer trabalho porque lhe dá gozo. Acaba a estragar um mercado e quando mais tarde quer fazer daquilo vida já não vai conseguir. Por sua vez quem contrata ta-se a cagar pra qualidade... e quer é poupar dinheiro.
Temos que ser mais exigentes para irmos mais longe.

abraço

Luís disse...

Eu sou daqueles que fotografa como hobby mas não ando aí a meter fotos em tudo o que é sitio só para aparecer o meu nome ou o meu site. Dou valor áquilo que faço logo cobro pelo meu trabalho! É caro? Claro que não baixo o preço!
Respeito por aqueles que fazem da fotografia, ou seja lá o que fôr, a sua profissão!