segunda-feira, 23 de agosto de 2010

BURROS SOMOS NÓS



Alguém disse, "quanto mais conheço as pessoas, mais gosto dos animais", e a triste verdade é essa. Este burro do filme, é o "concho", e tanto eu como a minha namorada ficámos estupefactos quando o chamámos e ele veio até nós, como se de um cão se tratasse.
Ali ficou imenso tempo a receber festinhas, e quando nos preparávamos para partir, o concho agarrou-se à mão da marta (com a boca) como que a pedir para não irmos:)
Pode paracer estúpido, mas acabamos por criar laços de amizade e de verdadeiro afecto com os animais (quem tem cães e gatos percebe perfeitamente). Dificilmente os animais nos desiludem, ou nos trocam, são fieis e amigos de quem gosta deles.
O mesmo não podemos dizer das pessoas, que em determinado momento da vida, entram no modo "pessoa nova", perdem a sua identidade, e tristemente esquecem certos valores.
A essas pessoas, boa sorte. Provavelmente quem lhes dera ser Burro :)
video

1 comentário:

CAP CRÉUS disse...

Sabes o que penso sobre esta matéria!:-)
Coitado do concho que tem umas cordas nas pernas...